Sabe o perfil do seu convidado e o que pensa sobre o evento? Inquérito de Satisfação de eventos – Parte 5 de 6

//Sabe o perfil do seu convidado e o que pensa sobre o evento? Inquérito de Satisfação de eventos – Parte 5 de 6

Inquérito de satisfação de eventos, estudo de satisfação, avaliação, há muitos nomes para esta fase.

Há quem não pense nisso, não tenha, não faça, não dê valor, é legítimo.

Mas os ganhos valem bem a pena.

Como medir o impacto, a intenção de regresso ou recomendação, os pontos a melhorar e os pontos mais apreciados?

Como saber de onde vieram, como conheceram, o que assistiram, o que consumiram?

Sim, nem sempre se vive de perguntas de 1 a 5, é possível recolher muita informação de forma mais aprofundada. Que tipo de pessoa, com quem veio, quantos dias ficou, até medir o impacto económico.

E num evento de vários dias ou de muitas horas permite inclusivamente corrigir pequenas falhas (multibancos que não funcionam, sinalética, casas de banho, climatização…).

Como é que permite? Porque os dados são integrados…em tempo real.

E como obter as respostas? Depende do evento, mas vamos dar aqui várias hipóteses:

1 – Presencial – à saída do evento ou já no fim aleatoriamente, por exemplo com tablets. Porquê? Porque pouca gente gosta de ver resmas de papel (inclusive os entrevistadores)

2 – Internet e Redes Sociais – em eventos abertos ao público em geral, se trabalhou as redes sociais ou site, é certamente uma boa fonte de respostas. O risco é ter respostas de quem não foi mas pela experiência tem muito pouco significado e pode recolher centenas de respostas

3 – Email e SMS – em eventos mais fechados, o agradecimento pode servir como convite a contribuir com a opinião.
Se tiver os nomes das pessoas, use-os, todos nós gostamos de ser tratados pelo nome, não é?

O inquérito de satisfação de eventos serve não só para melhorar o evento corrente, avaliar no final mas também e muito importante, preparar os próximos.

Se a isto juntarmos inquéritos a expositores de feiras, congressos, ou festivais, ficamos com uma avaliação 360º que nos permite começar a vender e preparar próximas edições e trabalhar sobre os insatisfeitos, JÁ!

Ah, e para fazer um bom estudo não são necessárias estatísticas complexas, nem testes de hipóteses (com todo o respeito pela estatística). Interessa ter dados acionáveis, legíveis e principalmente úteis.

O evento está quase no fim. Na parte 6 vamos falar de medição de resultados desde o início ao fim.

Até breve.

PS E agora até já há formas diretas como o Happy-or-not. Conheça aqui uma forma rápida de inquérito de satisfação de eventos.

Conheça também um exemplo de inquérito de satisfação de um evento que proporciona dados relevantes sobre o perfil de visitantes Exemplo de Inquérito de Satisfação de Eventos

E estamos à distância de um contacto : conhecer@asserbiz.com, 938297575 ou 308802975

 

Por | 2015-09-05T13:18:12+00:00 Setembro 5th, 2015|Eventos|0 Comments

Deixe o seu comentário