O seu convidado chegou! A tecnologia nos eventos – parte 4 de 6

//O seu convidado chegou! A tecnologia nos eventos – parte 4 de 6

 

 

Chegou o grande momento! O que para os seus convidados é o primeiro contacto ao vivo com o seu evento, é para si mais uma etapa.

Se existir check-in (credenciação) aproveite para causar boa impressão e ter controlo sobre a informação de chegada e presenças. Como?

Com tablets por exemplo. O que ganha?

Atualização em tempo real das entradas, com taxas de ocupação de salas, sessões, e do evento, sem perda de informação;

Tratamento diferenciado na ficha eletrónica do cliente: título, o que vai comer, quem acompanha, cuidados especiais e estatuto VIP: pode inclusivamente ser avisado por sms ou email da sua chegada.

Diminuição do tempo de check-in, aumento da flexibilidade (não necessita de estar fixo na mesa), fácil de localizar, inovador e mais importante, permite olhar o cliente olhos nos olhos.

A partir deste momento o convidado entrou no seu mundo. E como o envolver?

A partir de algo que daria um capítulo por si: uma aplicação móvel. E como pode ser útil?

– Agrega a informação num só local (inclusive redes sociais)

– Permite o envio de notificações como alarmes de horas, concursos, novas atividades)

– Envolve o convidado com o evento: pesquisa o que é do seu interesse, interage, e não perde “pitada”

Mas não só da aplicação móvel vive a tecnologia num evento.

Já ouviu falar de NFC (near field comunication)?

Colocamos aqui um vídeo de 70 segundos (www.youtube.com/watch?v=1zGvDofwA1A) mas ainda mais resumidamente é assim: permite a troca de informação entre tags que espoleta ações como envio de informação por email, acesso a um vídeo, concurso, entre outros. O céu é o limite. Esta solução pode ser muito oportuna em eventos com expositores.

É possível adicionalmente perceber qual foi o trajeto do convidado no evento, para análise posterior.

Os QR Codes colocados em locais do evento permitem aceder a conteúdos exclusivos são outra das possibilidades.

Bom, o capítulo já vai longo mas não queríamos deixar de assinalar que tudo isto é medido, monitorizado para posterior medição do ROI do evento. Permite assim perceber o que correu bem, o que há a melhorar, com métricas precisas.

Esta é a ponta do Iceberg. A tecnologia nos eventos pode ser rainha. Mas não por si, mas pela experiência que proporciona. Não são as funcionalidades mas os benefícios, o envolvimento gerado, o famoso engagement.

Estas são apenas algumas das possibilidades.

Vamos deixar os seus convidados viverem o evento, pois no próximo capítulo vamos pedir-lhes para avaliarem a sua satisfação.

É já nos próximos dias!

Por | 2015-09-02T08:32:28+00:00 Setembro 2nd, 2015|Eventos|0 Comments

Deixe o seu comentário